Turismo

Rota do Ferrabraz - Cicloturismo

Compartilhe

Rota do Ferrabraz - Cicloturismo

Rota do Ferrabraz - Cicloturismo

Rotas do Ferrabraz

ROTAS DO FERRABRAZ é um guia virtual ciclo-turístico, que visa incentivar a prática de esportes de aventura, principalmente o Mountain Bike. Mas muito mais do que isso, este guia tem o intuito de fomentar através da prática esportiva, o turismo nas cidades e localidades ao longo do Vale do Sinos e Vale do Paranhana. Tendo como ponto de partida a cidade de Sapiranga, o circuito ROTAS DO FERRABRAZ está estrategicamente posicionado junto à base do Morro Ferrabraz, que dá início a uma grande cadeia de montanhas em seu entorno, e que englobam a zona rural da cidade e dos demais municípios do circuito. O roteiro completo possui 130 km, passando pelos municípios de Sapiranga, Dois Irmãos, Morro Reuter, Santa Maria do Herval, Igrejinha, Nova Hartz e Araricá. Além disso, entre estes municípios cruzamos por localidades como Picada Verão, Walachay, São José do Herval, Padre Eterno, Morro Canudos, Arroio da Bica e Morro da Cruz. E para quem deseja fazer o roteiro por partes, temos várias rotas alternativas de retorno em toda sua extensão, passando por outros locais como Picada São Jacó, Picada Schneider, Bela Hú e demais localidades nas zonas rurais dos municipios que fazem parte do circuito. Nas Rotas do Ferrabraz, os praticantes de Mountain Bike, sejam eles atletas em treino ou cicloturistas aprecidores de natureza, terão uma experiência ímpar comtemplada por belas paisagens, balneários, cascatas, estradas intensamente arborizadas e um ambiente tipicamente colonial.

O Mountain bike na região

Mountain bike existe há pelo menos 20 anos uma forte tradição na prática deste esporte pelas regiões montanhosas das cidades que fazem parte das Rotas do Ferrabraz. E a cada ano que passa, o Mountain Bike está tendo um aumento expressivo na quantidade de praticantes. E a motivação deste crescimento é justamente o fato de que as pessoas cada vez mais buscam seu bem-estar físico, e por que não dizer também psicológico, afinal, este é um esporte de contato com a natureza, e que nos faz desconectarmos do nosso estressante dia-a-dia nos grandes centros urbanos.

A escolha do nome

Um questionamento relevante com certeza, afinal, as rotas passam por várias cidades. Então por que o roteiro foi batizado fazendo-se um trocadilho com o Morro Ferrabraz de Sapiranga? Deu-se este nome, tendo em vista que hoje Sapiranga é um dos maiores pólos dos esportes ciclísticos da região, e especialmente por que as localidades por onde passam as rotas estão situadas no entorno do Morro Ferrabraz. Foi uma escolha para centralizar os pontos de partida, e de maneira que também privilegiasse as demais cidades envolvidas.

A tecnologia a favor de esporte

De olho neste crescimento dos esportes, vêm surgindo no mercado uma enorme gama de equipamentos e aplicativos focados em auxiliar os atletas no monitoramento de suas atividades! E isto tem sido levado para a palma da mão do usuário, através de Smartphones, ciclocomputadores e GPS. E de olho nesta tendência, somando-se ao fato de que estamos localizados em uma das regiões mais privilegiadas para a prática do Mountain Bike e Esportes de Aventura, é que surge nosso guia virtual.

 

Tecnologias aplicadas ao projeto:

 

  •  GPS: através de geolocalização, proporcionar aos atletas o fácil acompanhamento do seu passeio/treinamento ao longo das rotas
  • Aplicativos Strava e Google Maps: captura das informações de GPS, transformando-as em dados visuais e infográficos.
  • Website (PC e Mobile): um site para internet, responsivo, apresentando as rotas, links de mapas, pontos turísticos, notícias, serviços e informações

Notícias mais lidas

22 de Novembro

Matrículas para a rede municipal começam dia 24

21 de Novembro

Preparativos para o Natal Encantado

22 de Novembro

Elaboração do calendário de eventos de 2018

22 de Novembro

Nesse sábado (25/11) tem Feira da Saúde no CTG

22 de Novembro

Curtas de Morro Reuter tem 7 indicações a Festival internacional de cinema