16/09/2021

De portas abertas para a cultura

Centro de Cultura de Morro Reuter, um espaço que exala arte e entretenimento será inaugurado em 20 de setembro

Compartilhe

De portas abertas para a cultura

De portas abertas para a cultura

Das ruínas sombrias a uma estrutura impecável que vai fomentar as artes, a cultura, o entretenimento. Feito Fênix, ave mitológica que representa o recomeço, o Centro de Cultura de Morro Reuter, surge como um espaço novo no coração da cidade. A cerimônia de inauguração será na noite desta segunda-feira (dia 20). Depois de 21 anos de abandono, a cidade recebe em 319,60 metros quadrados um oásis para a realização de exposições, mostras, apresentações, reuniões, seminários e capacitações, entre outras atividades. A partir do dia 21, o local será aberto à comunidade das 9 horas às 16 horas.

O acesso principal se dará pela Rua Anita Garibaldi e a rampa de acesso para pessoas com necessidades especiais se localiza na Travessa 1º de Maio, ao lado do Ginásio Municipal de Esportes. O espaço conta com hall de entrada, cozinha, sanitários feminino, masculino e para pessoas com deficiência. Vinte e um anos depois do primeiro tijolo ter sido colocado no local, mais uma etapa da obra é finalizada. As duas etapas concluídas até o momento (ampliação da prefeitura e Centro de Cultura) tiveram o investimento municipal de R$ 817.760,35.

A prefeita Carla Chamorro lembra que esse momento só é possível com vontade política, dedicação, muito trabalho e, principalmente, pelo apoio de tantas mãos que transformaram aquele triste cenário. ‘Sou filha de Morro Reuter. Nasci e cresci aqui. Um quadro pintado da cidade mostrava, em seu coração, uma grande mancha: um prédio sombrio e em ruínas. O prédio novo desabrocha, renasce e revigora nossa cidade, deixando-a mais fértil para a nossa cultura’, diz Carla.

A cerimônia de inauguração será para convidados por conta da pandemia e contará com apresentação da bailarina Fernanda Selbach, música com o deputado estadual Issur Koch, painel com arte em cerâmica de Anelise Bredow feito em parceria com profissionais da educação e comunidade e a abertura da exposição ‘Memórias’ que ajuda a resgatar a história de Morro Reuter por meio de fotos cedidas pela comunidade e que serão acervo de um futuro museu.

 

UMA OBRA QUE COMEÇOU EM 2000

Em 4 de fevereiro de 1998, o prefeito à época, Wilson Reinheimer, recebeu recurso de Brasília de R$ 135.394,40 para a construção de um Centro de Múltiplo Uso. A obra foi iniciada em seu último ano de mandato, 2000, quando foi feita parte da estrutura do prédio. Em 2005, assume a prefeitura Elaine Capeletti que é notificada pelo governo federal da necessidade de conclusão da obra e prestação de contas do recurso recebido. É gerado um processo contra o Município. A então prefeita assina um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em que assume dar seguimento à obra e o faz com a conclusão de 470,84 metros quadrados onde foram instalados telecentro, biblioteca pública e Secretaria Municipal de Educação, local onde hoje funciona a Prefeitura.

De 2009 a 2016, o prefeito é Adair Ricardo Bohn. A obra não tem seguimento. Em 2017, Carla Chamorro assume a Prefeitura herdando um grande prédio em ruínas no coração da cidade e recebe a notificação do Tribunal de Contas da União (TCU) para devolução integral dos recursos com correção monetária pela não conclusão do Centro de Múltiplo Uso. O valor fica em R$ 1.376.454,46. O Município argumenta com o TCU comprometendo-se a concluir a obra, porém, considerando que já havia passado 19 anos do início da obra, o argumento não foi aceito. A prefeita Carla Chamorro negocia e a dívida cai para R$ 518.594,50. O pagamento está sendo feito em 36 parcelas mensais de R$ 14.405,40 corrigidos pelo IPCA.

 

LAUDO TÉCNICO ATESTA QUE ESTRUTURA PODE SER APROVEITADA

Para averiguar a qualidade da construção existente e determinar se ainda estava em condições de ser usada foi realizado voluntariamente pelo engenheiro Agostinho Backes, sem custos ao Município, um Laudo Técnico e nele foi constatado que ela poderia ser aproveitada. A Prefeitura então investiu R$ 19.964,95 na elaboração de um novo projeto. Em seguida foi feita licitação para contratação de empresa responsável pela obra que consiste em três etapas.

 

BIBLIOTECA FICA PRONTA AINDA ESTE ANO

Junto ao Centro de Cultura de Morro Reuter, está em andamento a construção da Biblioteca Pública Erico Verissimo que terá 120,83 metros quadrados incluindo sanitários, copa e um depósito. O valor a ser pago pela Prefeitura por esta etapa é de R$ 306.628,59. A previsão de término é novembro deste ano. Com a biblioteca, finaliza-se toda a obra.

Notícias mais lidas

14 de Outubro

Arte na Praça ocorre dias 23 e 24 de outubro em Morro Reuter

13 de Outubro

Abertas inscrições para a caminhada rural em Walachai no dia 31 de outubro

11 de Outubro

Encerram quarta as inscrições para o 13º Concurso de Narrativas de Morro Reuter

15 de Outubro

Comprar em Morro Reuter dá prêmio

15 de Outubro

Prefeitura entrega material para qualificação do serviço de avaliação neuropsicológica